Portrait Dourados - MS

Portrait { Stela }

De repente


Me deu vontade

De sair do casulo e

Pintar no muro

Uma poesia sem fim,

Alegre, cativa

A melhor parte de mim

...

Deu vontade

De repente,

De montar

Numa estrada bonita,

Fazer sinal com fitas amarelas,

Parar pra ouvir

O barulho do silêncio.

...

Deu vontade

De repente,

De seguir em frente,

Mudar de via,

Traçar a rota,

Fazer poesia...

(Stela Victório Faustino)

E de repente a menina de sorriso largo e sincero, aquele sorriso que tem barulho, aquele sorriso que sai de dentro e um dos mais lindos que já vi, foi se tornando uma mulher cheia de vida, cheia de histórias e de um olhar firme que só o tempo pode ofertar... mas ao mesmo tempo com a mesma sutileza e beleza que uma alma perfumada consegue acender, a mesma beleza que nos dá vontade de estar ali por perto horas conversando e não sentir o tempo passar...

A Stela é linda desde o nome e é dona dessa beleza interior que de tanta, transborda... em palavras, em sorrisos, em poesia... “Uma menina que olha pela janela” encarando tudo o que tem lá fora, a simplicidade das coisas, a velocidade do tempo, as cores da vida... e vai nos presenteando com o “toque suave” que sua presença nos faz...

Nós vivemos com ela uma fase inesquecível de nossas vidas e ainda hoje me lembro de sua voz cantando canções que marcaram muito...

Hoje, poder registrar essa passagem nos deu uma alegria imensa e nosso desejo é que sua vida seja repleta de felicidades, de realizações e que todas os seus sonhos se concretizem e que ela tenha saúde e vida longa para nos presentear por muitos anos com sua presença nesse mundo.

Felicidades, um abraço imenso e fraterno...

Margareth + André.